sábado, 27 de outubro de 2012

Prémio Sakharov para cineasta e activista iranianos detidos

O Parlamento Europeu atribuiu esta semana o Prémio Sakharov dos Direitos Humanos ao cineasta iraniano Jafar Panahi e a Nasrin Sotoudeh, advogada e activista dos direitos humanos também do Irão.

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, justificou a atribuição com a "admiração por uma mulher e um homem que resistem à intimidação de que são vítimas pelas autoridades iranianas".

Pode ler mais sobre esta história numa notícia do Público que pode ler aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário